Atualizado 23/04/2019

CMM debate violência doméstica na rede municipal de ensino

Estudantes do educandário público serão envolvidos por ações reflexivas sobre o tema

sa
sa

Com o objetivo de contribuir para a diminuição da violência contra a mulher no país, a Coordenadoria Municipal da Mulher (CMM) realiza a terceira edição do projeto “Discutindo relacionamentos abusivos e violência doméstica nas escolas”. Nos dias 9 e 16 de abril, a CMM realizou uma reunião com as diretorias de educandários municipais para debater detalhes do projeto que neste primeiro semestre contempla cinco escolas.

Na didática do projeto está previsto encontros de duas horas, envolvendo estudantes da rede municipal de ensino em atividades expositivas, por meio de projetores, que apresentarão audiovisuais, áudio e imagens, com demonstrações atuais e implícitas de relacionamentos abusivos, estereótipos e formas de violência que acentuem desigualdade de gênero. “Com esse projeto retomamos as ações reflexivas com os estudantes sobre a violência doméstica contra a mulher. A escola é fundamental para essa ‘provocação’, orientando e prevenindo para que os jovens não reproduzam esses comportamentos, que muitas vezes são justificadas por condutas familiares”, explicou a diretora CMM, Simone Lunkes.

Neste primeiro semestre do ano, serão contempladas as escolas municipais de ensino fundamental Miguel Bosniak, Marcelino José Bento Champagnat, Antônio Manoel, Sagrada Família e Mathilde Ribas.

O projeto é desenvolvido há dois anos pela Coordenadoria Municipal da Mulher, em conjunto com alunos do curso de Psicologia da URI, campus Santo Ângelo, e apoio da Secretaria Municipal de Educação – SMEd. Nesta terceira edição, o projeto conta com a parceria do Ministério Público, por meio da 3ª Promotoria Criminal de Santo Ângelo.

Fotos: Divulgação CCM

© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções