Atualizado 15/03/2019

Renato classifica derrota do Grêmio para o Libertad como "acidente de trabalho"

Técnico do Tricolor criticou comentaristas que opinam "conforme o vento"

O suposto ambiente de tensão e pressão no Grêmio após a derrota sofrida para o Libertad, na última terça-feira, foi minimizado pelo técnico Renato Portaluppi. No começo da tarde desta sexta, o comandante gremista concedeu entrevista coletiva e amenizou os efeitos do resultado no grupo. 

"O Grêmio não tem equipe para vencer todos os adversários. Fizemos um bom resultado na Argentina (contra o Rosario Central) e agora em casa, realmente, nós tropeçamos. Sofremos um acidente de trabalho", disse Renato. 

O técnico aproveitou a conferência também para criticar as manifestações de parte da imprensa gaúcha que, segundo ele, "muda de opinião conforme o vento". "Vocês têm que parar de ir conforme o vento. Até antes da partida contra o Libertad, o Grêmio tinha uma grande equipe, que não tinha perdido e aí agora que perdeu um jogo, o Grêmio já não presta mais. Fica difícil falar sobre isso. A coisa está certa e três dias depois está totalmente errada", argumentou em defesa do plantel gremista.

Demonstrando bom humor, Renato afirmou que gostaria de encontrar "esses comentaristas" para discutir o atual momento do Grêmio. O treinador explicou que concordaria com um convite desde que recebesse um bom cachê. "Eu gostaria de ter uma hora para ser o comentarista dos comentaristas. Desafiaria eles a sentarem comigo e trocar opiniões. É fácil dar uma opinião sem ninguém retrucar, agora quando eles pegarem alguém que entenda do 'babado', será diferente. E vou cobrar cachê", brincou.

Fonte: CP
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções